segunda-feira, 16 de março de 2009

MEMÓRIA DO JORNAL: João Malpique vence concurso do porco ibérico

PRODUTOR TEM EXPLORAÇÃO NO CONCELHO DE NISA
Pelo segundo ano consecutivo, João Malpique trouxe para casa o prémio de melhor criador de Porco Ibérico ao nível da Península Ibérica. A eleição decorreu no 2º Concurso Internacional da Feira de Zafra, organizado pela Asociación Española de Criadores de Ganado Porcino Selecto Ibérico Puro y Tronco Ibérico (AECERIBER), que teve lugar em Zafra de 27 de Setembro a 3 de Outubro. Como prova do reconhecimento da sua qualidade como criador, João Malpique foi membro do júri do XXII Concurso Nacional Del Cerdo Ibérico (Espanhol).
Natural de Nisa, mais precisamente da zona do Cacheiro, João Malpique é criador de Porco Preto há mais de 12 anos, sendo já reconhecido por todos os primeiros prémios ganhos em feiras nacionais. O criador distingue-se ainda por ter conseguido arrecadar, pela segunda vez consecutiva, o prémio de melhor criador de Porco Ibérico em Espanha, num país que conta com os grandes criadores e promotores desta raça. De realçar que apesar de em Portugal a criação de Porco Preto ser ainda um pouco incipiente, essa situação pode inverter-se, mais concretamente na região do Norte Alentejano que conta com uma das maiores manchas de montado de azinho e sobreiro.
E isto porque os vizinhos espanhóis além de comprarem o Porco Preto em Portugal, já começam a alugar montados para engordar os porcos que apresentam depois características ímpares, em termos de gordura, com qualidade alimentar equiparada à do azeite, o que faz com que tenha grande aceitação a nível internacional. Assim, os montados, para além de uma grande fonte de rendimento, podem também ser um factor para que os portugueses apostem mais na criação de Porco Preto, até porque a produção em Espanha não é suficiente para a promoção do presunto desta raça que os criadores estão a fazer na China. Japão e E.U.A.
- Blog do "Jornal de Nisa" - 5/11/07