domingo, 8 de agosto de 2010

ALPALHÃO: Solidariedade com a família de Filipe Mourato

Em Alpalhão é mais uma semana das Festas de Verão, deveriam estas ser de alegria, divertimento e confraternização com aqueles que esperam um ano inteiro para "regressar à terra" nesta altura e poder estar com os amigos de longa data e parentes, mas este ano serão mais pobres e mais tristes.
No dia 01 de Agosto, o Filipe Mourato tinha apenas 21 anos e sofreu um grave acidente de automóvel, apesar de todos os esforços de enfermeiros, médicos e todos os que o tentaram ajudaram, ele foi transferido para Lisboa onde viria a falecer horas mais tarde.
O Filipe era um jovem cheio de energia, de genica, de alegria e andava sempre bem disposto, estas devem ser qualidades que não devem esquecer e que para sempre ele seja recordado.
Sei que neste momento todos estão a pensar que é injusto e que ele não tinha juízo, mas podem também interiorizar que o que aconteceu ao Filipe pode acontecer a qualquer um de nós, e que de nada servem as brigas, zangas e afins, pois a vida é para ser vivida um dia de cada vez.
Eu também sou mãe, e não sei o que estão a sentir, mas posso tentar imaginar a dor pela qual a mãe, o pai e o irmão devem estar a passar neste momento.
Como por ele nada mais se poder fazer se não esperar que tenha ido para um lugar melhor, agora temos que pensar também na sua família e o quanto deve estar a sofrer, como as despesas são muitas e são pessoas humildes, está a realizar-se um peditório para auxilio ás despesas com o funeral. Quem tiver um pouco de sensibilidade e queira ajudar pode fazê-lo em alguns estabelecimentos de Alpalhão. É só perguntar que será indicado.
Sei que para eles nada fará esquecer o Filipe, mas só a boa vontade das pessoas tentarem ajudar pode trazer alguma paz de espírito.
Para o Filipe, espero que estejas num lugar melhor e que possas olhar por aqueles que
mais amas.
Aos pais só posso desejar que tentem conseguir ultrapassar esta dor tão profunda.
Susana