sábado, 3 de dezembro de 2011

Alpalhão: IV Presépio Vivo - Vila Presépio

O MTA - Movimento Teresiano do Apostolado de Alpalhão, leva a efeito, no dia 25 de Dezembro e pelo 4º ano consecutivo, o "Presépio ao Vivo", com representações de elementos do movimento e da população da freguesia.
A iniciativa que atrai habitualmente muitos visitantes a Alpalhão, decorre entre as 16 e as 19 horas, animando as ruas envolventes à sede da Junta de Freguesia.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Amigos de Arez na campanha a favor do pequeno Gustavo Martins

A Associação SocioCultural "Os Amigos de Arez" - ASAA, está a organizar uma campanha, destinada a encontrar um dador de medula óssea compatível com o pequeno Gustavo Martins, de três anos, a quem foi diagnosticada “aplasia medular”.
A Recolha em Arez ainda não tem data marcada, logo que haja uma data será comunicado a todos os interessados.

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

NISA: “Artilheiros” comemoraram 75 anos de vida

Mais vale tarde do que nunca, terão pensado os naturais ou residentes em Nisa, nascidos em 1936 e que se juntaram para assinalar 75 anos de vida.
O encontro realizou-se no dia 2 de Outubro e serviu para se reverem amigos de infância e juventude, contarem histórias daqueles tempos difíceis, para além de se reforçarem os laços de amizade.
No convívio gastronómico, com um almoço servido a preceito, degustaram-se as especialidades da cozinha tradicional alentejana.
O encontro foi organizado pelo “artilheiro” Parente e os participantes fizeram questão de marcar encontro para o próximo ano, deixando uma promessa e desafio: que venham todos!

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Mais de 40 dadores em Alpalhão


No primeiro sábado de Setembro: a antiga extensão do Centro de Saúde de Alpalhão recebeu uma colheita de sangue, a segunda realizada em 2011. Ao apelo da Associação de Dadores Benévolos de Sangue de Portalegre – ADBSP – disseram sim 43 voluntários, 17 dos quais do sexo feminino.
Uma vez levados a cabo os exames de saúde: nem todos puderam colaborar, pelo que foram recolhidas nesta freguesia do Concelho de Nisa 39 unidades de sangue.
Num restaurante da localidade foi servido o almoço convívio, comparticipado pela Junta de Freguesia de Alpalhão.
António Eustáquio da ADBSP realça que esta colheita decorreu de um modo elevado, sendo certo que Alpalhão já tem movimentado mais dadores.
Acções programadas
A 17 de Setembro tem lugar a colheita levada a cabo em colaboração com o Grupo Motard Portalegre. Será na parte da manhã nas instalações do Banco de Sangue do Hospital Doutor José Maria Grande, estando a acção aberta a todos os interessados que desejem doar um pouco de si. A um de Outubro está agendada uma brigada para o Quartel dos Bombeiros Voluntários de Sousel.
Apareça e visite: www.adbs-portalegre.pt .
JRR

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Montalvão festeja Senhora dos Remédios

Em Montalvão vão realizar-se nos dias 8, 9, 10 e 11 de Setembro, as Festas em Honra de Nossa Senhora dos Remédios, sendo os lucros destinados à manutenção e melhoramento do recinto de festas.
PROGRAMA
Dia 8 - Quinta-feira
11h30: Missa e procissão em Honra de Nossa Senhora dos Remédios
12h00: Porco assado no espeto, oferta da Junta de Freguesia de Montalvão.
22h00: Arraial com o músico “Marco Paulino” de Arez,
Dia 9 - Sexta-feira
22h00: Baile com o Trio “Oásis” de Castelo Branco.
Dia 10 - Sábado
11h30: Arruada com a Banda da Sociedade Musical Nisense
17h00: Tourada à Vara Larga, com gado da ganadaria da Sociedade Agrícola Proença, de Alagoa, acompanhada pela banda da SMN. Animação e pegas a cargo da Tertúlia da Alagoa
22h00: Baile com o conjunto musical “Kompanhia”
23h30: Actuação de ”Ferro & Fogo” - considerada uma das melhores e mais conhecidas bandas de covers do país
01h30: Continuação do baile até ser madrugada.
Dia 11 - Domingo
11h00: Arruada e animação de rua com o grupo de música popular “Domingos & Dias Santos” (Nisa)
17h00: Tourada à Vara Larga, com gado da ganadaria da Sociedade Agrícola Proença, de Alagoa. Animação musical a cargo d o grupo “Domingos & Dias Santos”
22h00: Baile com “Nuno José” de Fortios.
No recinto das festas funcionará um serviço de bar onde vai haver bebidas frescas e diversos petiscos.

sábado, 20 de agosto de 2011

MONTALVÃO: Exposição de aguarelas de Pedro Rosário

A associação “Vamos à Vila” vai organizar, nas instalações da antiga Escola Primária, uma exposição de aguarelas de “Pedro Rosário”, de 8 a 11 de Setembro.
Horários:
8 de Setembro: abertura 18h00;
9 a 11 de Setembro: das 10h00 às 13h00.
O artista Pedro Jorge Leandro Rosário nasceu em Montalvão no ano de 1971. Cursou Artes Plásticas e Desenho Básico, tendo já participado em várias exposições com os seus trabalhos a óleo e acrílico. Tem também trabalhos de ilustração e aguarela. Hoje em dia dedica-se especialmente à arte de tatuar no seu estúdio em Lisboa.
Há agora oportunidade de apreciar algumas das suas aguarelas, das quais se destacam algumas vistas de Montalvão.

Pintura de Rosário Bello no Fórum de Castelo Branco

A artista nisense Rosário Bello apresenta desde o dia 12 de Agosto e até final do mês, no Fórum de Castelo Branco, a Exposição de Pintura "Composição de Cor", uma mostra de 11 trabalhos, desde pinturas sobre a tela a madeira, onde predomina a cor e a diversidade de temas escolhidos para os trabalhos.
Até 31 de Agosto, aproveite para visitar e apreciar os trabalhos pictóricos desta jovem e talentosa artista nascida em Nisa e radicada na capital da Beira Baixa.
Nascida a 4 de Abril de 1972 e natural de Nisa, Rosário Bello é uma Artista Plástica (autodidacta), tendo já realizadas 111 Exposições Individuais/ Internacionais de Pintura a nível Nacional e em Espanha, desde 1997.
Está representada em diversas casas particulares, instituições e outros.
Actualmente trabalha como funcionária forense num escritório de advocacia em Castelo Branco mantendo a sua actividade relacionada com a Pintura, tendo o seu atelier particular na mesma cidade onde reside.
- Elabora Logótipos para Empresas, decoração de espaços (murais) a nível da Pintura, fitas académicas, pintura em tecido, cerâmica, metal, vidros e outros.

terça-feira, 16 de agosto de 2011

VELADA: 4º Enconto / Convívio Amigos de Velada

O IV Encontro Convívio “Amigos de Velada” é organizado por um grupo de alunos que iniciaram o ano lectivo de 1957/58 na escola Primária de velada com a professora Giselle.
Muitos anos se seguiram desde então e, os nossos colegas por aí, afastados da nossa aldeia. Queremos por isso relembrar esses tempos e agraciar a nossa primeira professora.
Nesse sentido vimos por este meio dar conhecimento a todos os ex-alunos e a toda a população, que, no dia 20 de Agosto de 2011 se juntem a nós no Centro Comunitário de Velada, pelas 15 horas.
Após o agradecimento à professora Giselle, segue-se o IV Convívio Amigos de Velada.
A Comissão Organizadora:
- Benvinda Narciso Toco Simões
Maria Henriqueta Esteves Patrício
Maria de Lurdes Mendes Rijo
José Francisco Patrício da Conceição
José Francisco São Pedro Mendes

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

AREZ: FESTAS POPULARES DE VERÃO

O humorista alentejano Serafim é um dos artistas que irão actuar nas tradicionais Festas de Verão, a realizar em Arez, nos dias 5, 6 e 7 de Agosto.
O programa das festas inclui a realização de touradas, bailes com famosos conjuntos musicais, as cerimónias religiosas, o sempre aguardado peditório da colcha e muita animação. No recinto das festas funcionará um esmerado serviço de bar.
Os lucros destas festas de Verão, destinam-se a obras na Igreja da Misericórdia de Arez e os festejos têm o apoio da Rodoviária Nacional, Câmara de Nisa e Junta de Freguesia de Arez.
PROGRAMA
Sexta-Feira, dia 5
21h – Abertura do recinto das Festas e da Quermesse
21,30h – Tourada à Vara Larga abrilhantada pela Banda de Alegrete
00h – Baile com o famoso organista Nuno José (Fortios)
Sábado, dia 6
18h – Arruada pelas ruas da freguesia com os Bombos de Vila Velha de Ródão
21h – Abertura do recinto de Festas e da Quermesse
22 h – Baile abrilhantado pela famosa banda CO 2 de Montemor-o-Novo
00h – Actuação do incomparável humorista alentejano Serafim
Domingo, dia 7
9,30h – Arruada seguida do tradicional Peditório da Colcha com acompanhamento da Banda de Alegrete
17 h – Missa solene seguida de procissão pelas principais ruas da localidade
19 h – Cerimónia de entrega das bandeiras à futura Comissão de Festas 2012
20h – Abertura do recinto de Festas e da Quermesse
22h – Baile com o organista da nossa terra, Marco Paulino
00h – Actuação do grupo de música popular “Fora d´Horas” (Arneiro)

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Queijo de Nisa na nova série de selos dos Correios de Portugal

O Queijo de Nisa é um dos que integra a série "Queijos Portugueses", composta de cinco selos e um bloco, que os Correios de Portugal lançaram no passado dia 21 de Junho.
Os selos, emitidos em folhas de 50 unidades, têm os seguintes valores faciais e tiragens:
• € 0,32 - 230.000 unidades
• € 0,47 - 220.000 "
• € 0,68 - 230.000 "
• € 0,80 - 190.000 "
Já o bloco tem valor facial de € 2,50, com tiragem de 60.000 unidades.
Foram emitidos também dois envelopes de 1º dia, um para a série e outro para o bloco.
SOBRE A EMISSÃO:
 Portugal, na sua estreiteza continental, não se pode orgulhar de ter bons pastos, sobretudo para gado graúdo... Mas em terra de escassez de erva alta são rainhas as cabras e as ovelhas. Os Açores são outra história. Ali, em São Miguel e nas outras Ilhas abençoadas, é imperatriz a "senhora dona vaca". A verdadeira vaca leiteira, entenda-se, e não o aspirador travestido de "vaca marcolina" na tradução paradigmática de vacum cleaner feita por alguns, já tocados pelas grandezas americanas da emigração local...
Por isso, até pela pobreza do solo, a pastorícia sempre esteve presente nas lusas terras como modo de subsistência antiquíssimo, muitas vezes complementando de forma sustentável avant la lettre o amanho da terra, negociando-se entre lavradores e pastores a forma de pagar 'o pasto' que alimenta o gado de pelo ou de lã, o qual por sua vez devolve à terra-mãe os adubos naturais.
É claro que em terras de rebanho o queijo é rei. O queijo pode ser o mais antigo alimento processado da Humanidade. Passados os tempos da caça, da pesca, da recolecção de frutos e legumes, depois de dominado o segredo do fogo, terá aparecido o Queijo. Documentos históricos situam a sua gênese no vale dos dois rios e no Egito, cerca de 3.500 anos antes de Cristo. Em Portugal, faz-se, seguramente, desde os tempos neolíticos.
Fazer queijo, qualquer queijo, é uma arte. Pelo menos o queijo feito à mão, intuitivamente trabalhado por mãos experientes, onde o conhecimento é passado de mãe para filha de pastor, atentas aos detalhes: à temperatura da mão, ao tempo do coalho, ao virar e à mudança das cintas, ao pasto de giesta ou de outras gramíneas de altitude que em muito influenciam o sabor do produto final.
Em homenagem aos pastores, às suas mulheres, e a todos os que ainda trabalham nas queijarias e rouparias tradicionais de Portugal fizemos esta emissão de selos comemorativos.

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Animadores da Etaproni apoiam animação ambiental com crianças do 1.º ciclo de Nisa

"É de pequenino que se torce o pepino"
Como diz o ditado “É de pequenino que se torce o pepino”, ou seja, é nesta fase crucial do desenvolvimento biopsicossocial do ser humano que se joga todo o processo de socialização primária, a partir do qual se manifesta como muito difícil a interiorização e reprodução de determinados comportamentos essenciais à integração e inserção social. Neste sentido, são fundamentais as estratégias, também de animação na infância, no sentido de socializar as crianças para a necessidade e importância da adopção de comportamentos ambientalmente sustentáveis. Actualmente assistimos a consequências nefastas da multiplicação de comportamentos humanos que colocam em risco o equilíbrio dos ecossistemas, entendidos em sentido amplo. É urgente que as várias instituições, como neste caso específico, autarquia local, escola básica do 1.º ciclo e Escola Tecnológica, Artística e Profissional de Nisa se concentrem no desenvolvimento de acções que promovam de forma concertada a educação ambiental dos adultos de amanhã. Os animadores apoiaram os pequenos a “torcer o seu pepino”.

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Animadores da Etaproni nos 500 anos de foral manuelino de Portalegre

Os animadores do primeiro e segundo ano do Curso de Animador Sociocultural da Escola Tecnológica, Artística e Profissional de Nisa participaram na animação de rua do programa cultural e desportivo em honra dos 500 anos do foral manuelino e dos 461 anos de elevação de Portalegre a cidade. No dia 22, Domingo, à tarde um grupo de alunos contribuiu para a animação da Rua do Comércio, através de movimentos de artes circenses, nomeadamente, o manuseamento de malabares, procurando despertar uma forma de dinamização cultural de múltiplos espaços, contribuindo para a divulgação das artes de rua, promovendo a interacção e comunicação criativa com o outro, apelando ao lado bem disposto e alegre da vida. Com esta iniciativa os alunos foram estimulados a desenvolver o seu sentido crítico e observador, sobre si e sobre os outros, possibilitando a aquisição de ferramentas que facilitem uma maior capacidade de auto-análise, e consciência sobre a realidade que o rodeia. Ao fim da tarde e à noite, os alunos participaram na estruturação da proposta de viagem no tempo e visita à época de Quinhentos, no Largo da Sé.

sábado, 7 de maio de 2011

NISA: Dora Maria no Cine Teatro - Dia 14

Dora Maria, a fadista de origem nisense, vai apresentar no Cine-Teatro de Nisa, no próximo dia 14 de Maio, às 21,30h o seu último trabalho "Mar de Tanto Amar".
No espectáculo em Nisa, a fadista deverá centrar-se no seu novo álbum, sendo acompanhada pelos músicos Bruno Mira (guitarra portuguesa), João Chora (viola) e Rui Santos (contrabaixo), contando com a participação especial de André Natanael Teixeira (acordeão) e Raul Caldeira.
Dora Maria é filha do casal nisense José Caldeira e Graça Valente, a residir em Abrantes

terça-feira, 19 de abril de 2011

NISA: 25 de Abril, Feriado Municipal e Dia de Romarias



Na próxima segunda feira, 25 de Abril, o concelho de Nisa vai viver uma jornada de animação e convívio nas romarias que ocorrem em várias freguesias que coincidem com o feriado municipal (segunda feira a seguir e á Pascoa) e também, este ano, com as comemorações do aniversário da Revolução dos Cravos.
No âmbito das comemorações do 37º Aniversário do 25 de Abril, haverá pelas 8H30 uma alvorada de foguetes e às 9 horas a cerimónia de hastear da Bandeira Nacional no edifício dos Paços do Concelho com a participação dos eleitos locais, da Banda da Sociedade Musical Nisense, e do Corpo dos Bombeiros Voluntários de Nisa. Na ocasião ocorrerá uma largada de pombos seguindo-se uma sessão evocativa no Salão Nobre dos Paços do Concelho.
À semelhança do que acontece por todo o Alentejo, a Segunda Feira de Páscoa é tradicionalmente um dia de romarias no concelho de Nisa.
As Romarias são motivo para que afluam às freguesias os filhos da terra dispersos por outras zonas do país e no estrangeiro. O regresso por alturas da Páscoa tem motivações religiosas e também pela necessidade de reencontrar familiares e amigos e de fortalecer as raízes que os ligam à sua terra natal.
Os romeiros irão afluir à ermidas de Nossa Senhora da Graça (Nisa), Nossa Senhora da Redonda (Alpalhão), Santo Amaro (Tolosa) e Santo António (Arês), num dia de salutar convívio, em que o sagrado e profano se cruzam e cuja ancestralidade cultural constitui uma forma que a população do concelho de Nisa utiliza para expressar aos santos a sua profunda devoção, num apelo de bênção e graças para momentos difíceis. Em todas as romarias ocorrerão celebrações religiosas com missas e procissões abrilhantadas por bandas filarmónicas. Nos espaços em redor das ermidas as famílias agrupam-se em piqueniques convivem e saboreiam as merendas.
Na Romaria de Nossa Senhora da Graça, haverá ao longo da tarde animação musical com actuações da Banda da Sociedade Musical Nisense e dos grupos de música popular Bombos de Nisa, Fora d’Horas e Domingos & Dias Santos.

quarta-feira, 13 de abril de 2011

XIV Feira dos Enchidos em Alpalhão: Uma aposta ganha

Alpalhão vestiu-se a rigor, na manhã de sábado, para receber a XIV mostra de gastronomia. Cerca de quarenta expositores, todos da região de Alpalhão e Nisa, mostraram o que bem se faz na arte dos enchidos, dos queijos, dos licores, dos bordados e da olaria. Ao som da banda filarmónica alpalhoense, as gentes da freguesia abriram o recinto, dando início a um dos dias mais aguardados por todos os habitantes da vila. A realizar-se pelo 14º ano consecutivo, o certame é, na opinião de João Moisés, presidente da Junta de Freguesia, “uma aposta ganha” e “bastante importante para a freguesia e para o concelho. A mostra desenvolve o comércio, as pessoas expõem os produtos, sejam eles de enchi-dos, queijos, licores ou bordados” o que significa que “é neste espaço que conseguem algum dinheiro para fazer face às despesas anuais”. Uma aposta nos expositores e produtores locais, “porque são os nossos produtos que queremos mostrar e divulgar”, por isso mesmo o autarca assume que coloca alguns obstáculos à entrada de expositores de fora do concelho. Uma excepção feita ao fornecedor dos pratos de barro, onde foram servidas as refeições do almoço da feira, “uma novidade que quisemos implementar, uma vez que temos refeições quentes e os pratos de plástico não funcionam muito bem”. A terminar, o autarca mostrou-se satisfeito porque mais uma vez as expectativas foram superadas, “todos os anos temos mais visitantes, e isso é o reconhecimento de todo um trabalho que vem sendo feito há anos”.

Uma vida a bordar Alpalhão

Alpalhão é uma das freguesias mais tradicionais, o uso do xaile, dos ouros, das saias bordadas, tudo isso faz desta vila uma das mais típicas do distrito de Portalegre. Os bordados desde sempre tiveram um lugar especial no coração destas gentes, das mãos das bordadeiras saiam e saem verdadeiras maravilhas e foi isso mesmo que, em vários stands, se viu durante o dia de sábado. Os xailes bordados, as colchas de renda, os aventais ou as toalhas de bandeira são alguns dos muitos exemplos expostos. Rita Ferreira nasceu e cresceu na arte dos bordados. Aos 15 anos iniciou aquela que viria a ser a sua principal profissão. Aproveitando o saber de quem ensinava e o seu gosto por aprender, levou-a a ser a bordadeira que hoje é. Reconhecida por todos, Rita Ferreira, hoje com 55 anos, trabalha numa arte que apesar de “continuar a ter alguma procura” já teve dias bem melhores. Faz de tudo um pouco, “em minha casa e por encomenda”, mas são os xailes que mais a fascinam. A tradição já vem de várias gerações. Histórias há muitas mas ao certo ninguém conhece o motivo que levou, pela primeira vez, as mulheres alpalhoenses a fazerem do xaile uma das principais peças dos seus trajes. “Desde sempre conheço os xailes em Alpalhão, não sei porque nasceu a tradição do uso, só sei que desde os tempos mais antigos que se usam”. Hoje a geração mais nova já não o usa no dia a dia, mas continua a haver quem o queira manter na memória e por isso “há sempre uma grande procura na altura do Carnaval” três semanas a fazer, “isto se não fizer mesmo mais nada”. Conhecidas por gostarem de falar, as mulheres de Alpalhão não se mostram tímidas quando se pede que nos falem das suas tradições. Ana Briostes, de 74 anos, e Maria José Graça, de 73 anos, falaram com desenvoltura do que foi o uso do xaile. “Os xailes eram, sobretudo usados, quando os maridos mor-riam. As mulheres colocavam xailes grandes na cabeça e traçavam-no ao peito. Fosse de inverno ou verão. Hoje, as pessoas mais antigas ainda os usam”. Uma tradição que faz de Alpalhão uma vila ímpar.

Manuela Lã Branca in "Fonte Nova"

sábado, 2 de abril de 2011

Feira dos Enchidos anima Alpalhão

No próximo sábado, 9 de Abril, realiza-se em Alpalhão a Feira dos Enchidos, organizada pela Junta de Freguesia de Alpalhão com o apoio da Câmara Municipal de Nisa. A Feira dos Enchidos é um certame já tradicional da região que serve para a divulgação dos enchidos de carne de porco e de outros produtos tradicionais de Alpalhão e do concelho de Nisa, constituindo ainda pretexto para a confraternização e convívio dos alpalhoenses e de inúmeros visitantes. A iniciativa decorre ao longo de todo o dia, iniciando-se pelas 9h30 com uma arruada pela banda da Sociedade Filarmónica Alpalhoense e um passeio equestre pelas 10horas. A inauguração da mostra e venda de produtos no Mercado Municipal ocorre pelas 10h30. Às 11 horas realiza-se um jogo de futebol entre equipas de veteranos do Grupo Desportivo Alpalhoense e do Montelavar. Às 13 horas é servido um almoço com pratos da gastronomia local - arroz de cachola e grelhados. Durante a tarde haverá animação musical a cargo de alunos do Jardim de Infância e da Escola Básica 1 de Alpalhão e do Grupo de Contradanças de Alpalhão. Para o fim da festa está reservado o jantar com uma feijoada.

segunda-feira, 14 de março de 2011

Bordados de Nisa divulgados em Évora

Exposição “Têxteis de Nisa” e conferência “Nisa: uma terra para muitos bordados” na Casa de Burgos
A exposição “TÊXTEIS DE NISA” vai estar patente de 18 a 31 de Março em Évora na Galeria de Exposições da Casa de Burgos. A exposição é promovida pela Direcção Regional de Cultura do Alentejo e será inaugurada no dia 18 de Março pelas 18h30.
No âmbito da exposição terá lugar na mesma Galeria, no dia 23 de Março, pelas 18h30, a Conferência “NISA: UMA TERRA PARA MUITOS BORDADOS” pela Dra. Ana Pires.
A promoção desta exposição surgiu de um convite feito pela Direcção Regional de Cultura do Alentejo aquando da visita da Ministra da Cultura ao Museu do Bordado e do Barro de Nisa em Janeiro último.
A ideia é apresentar alguns tipos de bordados que se fazem em Nisa, nomeadamente alinhavados, bordados a ponto de cadeia, aplicações em feltro, bainhas abertas e rendas de bilros, apresentando um conjunto diversificado de peças algumas das quais mais antigas (como por exemplo os “caramelos”) a par de outras que ainda hoje fazem.
No decorrer da exposição verificar-se-á a presença de artesãs nisenses que trabalharão ao vivo e darão a conhecer os seus trabalhos, podendo inclusivamente vender as suas peças.

sexta-feira, 11 de março de 2011

NISA: 2º Encontro Distrital de Bombeiros Femininos

“Guerreiras do Fogo, Anjos da Vida” é o lema do 2º Encontro Distrital de Bombeiros Femininos que decorre em Nisa nos dias 12 e 13 de Março.
O evento visa dar continuidade ao 1º Encontro realizado em 2010 em Campo Maior e entre outros objectivo, procura evidenciar o papel importante e crescente das Mulheres nas estruturas do Corpo de Bombeiros do Distrito, bem como divulgar e dar a conhecer a realidade da Associação/corpo de Bombeiros de Nisa junto das participantes no Encontro.
O evento tem início às 9h, com a concentração das mulheres bombeiros junto ao Quartel dos Bombeiros Voluntários de Nisa, seguindo-se o hastear da bandeira, às 10h, e um desfile pelas ruas de Nisa que começa na Rua Professor Cruz Malpique, seguindo pela Rua dos Combatentes, Rua Alexandre Herculano, Rua Professor João Porto, Rua 25 de Abril, Praça da República e Rua Visconde Vale da Sobreira.
Na Praça da República terá lugar uma palestra, que contará com a presença do Governador Civil do Distrito de Portalegre, Jaime Estorninho, do Comandante Operacional Distrital, Belo da Costa, da comandante dos Bombeiros Voluntários de Nisa, Sílvia Félix, e de um representante dos Bombeiros, bem como da presidente da Câmara Municipal de Nisa, Gabriela Tsukamoto.
Às 13 horas, realiza-se o almoço convívio e de tarde haverá terá lugar o Peddy Paper pela vila de Nisa, a anteceder o jantar e a noite convívio.
No domingo, dia 13, pelas 10 horas haverá o pequeno almoço, jogos tradicionais, encerrando o Encontro com um lanche pelas 12 horas.

quinta-feira, 3 de março de 2011

TOLOSA: Francisco Matias: Dois anos de saudade

Francisco André Esteves Matias, faleceu a 16-03-2009
Em sua memória será celebrada Missa pelo Sr. Padre Alberto, no dia 16 de Março, às 19 horas, na Igreja Matriz de Tolosa.
Juntemo-nos e rezemos por este Grande Amigo, que partiu antes de nós. A família agradece a quem se digne participar.

Apesar de já não estar entre nós,
não O vamos esquecer,
por isso peço agora a vós,
para a corrente não romper.

Uma pessoa alegre e bem disposta,
teve um final trágico que não merecia,
faleceu e agora não temos resposta,
para tudo o que se evidencia.

Deixou cá muitos amigos,
que estão tristes e a sofrer,
pessoas que o adoravam,
e que não o queriam perder.

Agora já não está connosco,
não há nada que o possa traze-lo,
está dentro de nós para sempre,
até porque é impossivel esquece-lo.

Faleceu a fazer o que gostava,
embora não merece-se,
perguntamos todos onde "DEUS" estava,
quando deixou que tudo acontece-se.

Francisco é o seu nome,
e será para sempre recordado,
pelos amigos e familia,
um rapaz por todos adorado!!!

Vamos passar a mensagem por todos os seus amigos,
e não vamos deixar que FRANCISCO seja esquecido!!!

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Nisa recebe um filho ilustre: QUINTINO AIRES

Psicólogo vem debater "Problemas da juventude na actualidade"
No próximo dia 28 de Fevereiro (segunda feira) o psicólogo Dr. Quintino Aires participa em debates sobre os problemas da juventude na actualidade, promovidos pela Escola EB2,3 de Nisa.
Na Escola EB2,3 de Nisa decorreu uma acção de formação intitulada “Eu e os Outros”, realizada em colaboração com o Instituto da Toxicodependência (IDT) e dirigidas aos directores de turma. Na sequência desta acção, os alunos da turma do 12º ano trabalharam a “História 4” que remete para os vários problemas / vícios que caracterizam os jovens actualmente. Ocorreram reflexões e debates, desenvolveram-se trabalhos e surgiu a ideia de convidar o Dr. Quintino Aires para participar na abordagem dos temas em foco. É neste âmbito que se concretizam, na próxima segunda feiras dois debates com a participação daquele psicólogo: - o primeiro debate ocorrerá na Biblioteca da Escola EB2,3 de Nisa, com início às 8H30; - o segundo debate ocorrerá às 10H30 no Cine Teatro de Nisa e será aberto à participação de toda a comunidade.
Um ilustre filho de Nisa
Joaquim Maria Quintino Aires nasceu em Nisa, a 6 de Agosto de 1967. Psicólogo Clínico, exerce nas áreas da Psicoterapia e Neuropsicologia. Licenciou-se e obteve o grau de mestre em Psicologia na Universidade de Lisboa, prepara uma tese de doutoramento em Psicolinguística na Universidade Nova de Lisboa e completa a sua formação de psicólogo com estudos de Neurociências, Antropologia e Linguística. Desde 1991 leccionou em várias universidades portuguesas, sendo actualmente docente na Universidade Autónoma de Lisboa. Em 1996 fundou o primeiro instituto para a profissionalização de psicólogos clínicos. Colabora com várias universidades estrangeiras e ensina psicoterapia em Lisboa, São Paulo e Madrid. Desde 1998 colabora regularmente em programas de televisão, nomeadamente Fátima Lopes (SIC), Especial Informação (TVI), Elas em Marte (SICMulher), Você na TV (TVI), 6teen (SICMulher), Prova de Amor (RTP) e Contacto (SIC). Considera as viagens que faz, não apenas como um tempo lúdico, mas também uma oportunidade de aprendizagem sobre o comportamento humano.
(Esta súmula curricular é das Edições ASA e está um pouco desactualizada dado que, em 2007, Quintino Aires obteve o Doutoramento em Psicololinguística na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova)
É desta Universidade que obtivemos os dados seguintes:
(1985 - 1990) Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação. Licenciatura em Psicologia (Psicologia Clínica), com classificação final de Bom (14 Valores). (1993 - 1998) Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação. Mestrado em Psicologia (Psicologia Cognitiva). Título da dissertação: "Diferenças laterais no tratamento da informação visual”, com orientação do Professor Doutor Carlos de Brito Mendes, e classificação final de Bom com distinção. 2007 – Doutoramento em Psicolinguistica, FCSH/UNL
Quintino Aires, Professor Emérito da Universidade Estatal de Moscovo
O Prof. Doutor Quintino Aires recebeu o título de Professor Emérito da Universidade Estatal de Moscovo. A cerimónia teve lugar na sala do conselho científico da Faculdade de Psicologia no dia 28 de Abril de 2009. O Ofício e as insignias foram entregues pelo Professor Yuri Zinchenko.
É este nosso conterrâneo (a mãe é natural de Nisa e o pai, já falecido, natural de Gáfete) que nos visita. Bastante conhecido de diversos programas televisivos, o Prof. Dr. Quintino Aires tem um extenso e notável currículo, várias obras publicadas e uma actividade profissional bastante preenchida.

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

O Amor na poesia de José Gomes Correia

José Gomes Correia (Nisa, 22/6/1922 - 2/7/1983) publicou dois livros de poesia: "Sonhos que morrem, Sombras que ficam" (1942) e "Seara do Bem e do Mal" (1963).
Funcionário público, licenciado em Direito, foi um dos nisenses que ajudaram a erguer, nos anos 60, o Rancho Típico das Cantarinhas de Nisa para o qual escreveu muitas das letras das suas músicas.
Lembramo-lo, aqui, num dia "simbólico" e com um poema de Amor. Escreveu muitos e para muitos "amores". Um deles, a sua terra, Nisa (Tu és a flor nascida entre o deserto, / És a eterna canção maravilhosa, / Que aos meus ouvidos soa qual segredo,)...

sábado, 22 de janeiro de 2011

NISA: Primeira dádiva de 2011 envolveu 41 dadores de sangue



O sábado, oito de Janeiro, foi a data em que decorreu a primeira colheita de 2011 da responsabilidade da Associação de Dadores Benévolos de Sangue de Portalegre – ADBSP. A brigada teve lugar no quartel dos Bombeiros Voluntários de Nisa. Ao todo compareceram 41 voluntários, 18 dos quais mulheres.
Nem todos estavam em condições de estender o braço desta vez. Mesmo assim foram recolhidas 33 unidades de sangue em Nisa.
Em termos de novos dadores há a contabilizar cinco, dois dos quais do sexo feminino. E o Registo Português de Dadores de Medula Óssea passou a contar com mais uma inscrição.
Os participantes nesta brigada tiveram a oportunidade de conviver num almoço servido num restaurante local e apoiado pela Câmara Municipal de Nisa.
Para António Eustáquio, da ADBSP, o ano iniciou-se de forma mais ou menos positiva em termos de colheitas. Ainda para mais a já grande família dos dadores passou a contar com mais cinco pessoas. Mas salienta que nesta manhã de sábado a chuva nunca parou, o que deve ter servido de condicionante para que mais pessoas comparecessem.
Colheitas em Fevereiro
Em termos das dádivas a serem levadas a cabo pela ADBSP informamos que na manhã de cinco de Fevereiro decorre uma no Centro de Saúde de Castelo de Vide. Depois, a 26 de Fevereiro, é a vez do Centro de Dia de São Salvador da Aramenha (Marvão) receber outra brigada, entre as 09,00 h e as 13,00 h.
Aproveite para doar sangue!
JRR